Fundada em 2009 na cidade de Goiânia, GO, pelos artistas Kadu Oliviê (Artista circense) e Jairo Molina (Artista Circense), que se conheceram no 3° Encontro Goiano de Malabares e Circo. A partir da união de suas técnicas circenses e estudos, criam o número denominado Xinguelenguedengue e a partir daí surge a dupla de palhaços “Os Kaco”. A dupla começa então a se apresentar em parques e praças das cidades juntamente com o coletivo circense “É Só Querê Fazê”.

Em 2010 a dupla entra na Escola de Circo Martim Cererê e se formam em Capatazia Circense pelo Projeto Bastidores, são seus primeiros passos profissionais. Nessa escola conhecem e se unem com a produtora cultural e circense, Marcela Pultrini e iniciam uma parceria que permanece até os dias atuais. Com essa parceria surge a Cia. Os Kaco com o objetivo inicial de fazer estudos, pesquisas, montagens e apresentação de espetáculos teatrais e circenses.

Ao longo do ano de 2010, passada a formação na Escola de Circo, montam o espetáculo “Circo Os Kaco” em parceria com os palhaços e músicos Vytor Batista Rios, Felipe Ferro e Bulacha Arte Circo (banda Forró de Lona). E é com esse espetáculo que iniciam sua grande jornada.

Começam então a circular na capital, em cidades do interior do Estado de Goiás, como também no Estado do Tocantins, influência da produtora Marcela Pultrini que morou 6 anos na capital Palmense. É nesse tempo que conhecem e iniciam itinerância pelo município de Palmas, especificamente distrito de Taquaruçu.

Em 2013 se unem com Bruno Kalss (cientista social e educador) e transferem sua sede para o distrito de Taquaruçu, TO, com a idealização e coordenação do Projeto Circo Social Os Kaco, que acontece na Casa do Artesão (espaço da prefeitura) no distrito, com aulas frequentes de artes circenses e educação popular, beneficiando aproximadamente 50 crianças e adolescentes da região.

No final de 2014 se formalizam como Associação Companhia Os Kaco e itineram novamente para outro espaço onde passam a desenvolver atividades de Circo, Percussão, Capoeira Angola e Educação Ambiental.

No ano de 2016 produzem o Circo dos Brinquedos, a pesquisa e montagem se deu em um espetáculo que une as artes circenses e o teatro, com intuito de conscientizar de forma lúdica, jovens e crianças para o cuidado com o brincar, com a valorização de brinquedos e brincadeiras populares e tradicionais. Com esse espetáculo circulam por mais de 40 municípios, por 9 estados brasileiros em 4 meses. Neste mesmo ano produziram o 3º Festival de Circo de Taquaruçu onde reunião mais de 120 artistas de vários lugares do Brasil e do mundo, oferecendo mais de 55 oficinas e muitos espetáculos pra capital tocantinense.

Atualmente, com uma equipe fixa de 9 pessoas, o “Circo Os Kaco” se define como uma organização circense social, por que não visa a produção de arte em si mesma, mas entende a arte como uma poderosa ferramenta de conscientização e valoração sociocultural, educativa e ambiental, necessária à solução preventiva de conflitos sociais.

A Cia. trabalha com foco em apresentações em espaços públicos, oferece cursos e oficinas de técnicas circenses e de construção de equipamentos. Em seus 7 anos de atuação nas áreas de arte já percorreu 22 estados brasileiros em parceria com Festivais, Sesc, Energisa, Instituto EDP, Prefeituras e por meio de Editais.